0
Lecturas
0

Guiñazu não será naturalizado brasileiro

 Lembra daquele plano de tornar Guiñazu um jogador brasilerio, a fim de abrir espaço para a utilização do volante mais D'Alessandro, Forlán e Dátolo (ou Bolatti) ao mesmo tempo na equipe? Pois é, mesmo tendo sido pensado três meses atrás, ele nunca saiu do papel. Pior: o pedido jamais chegou ao departamneto jurídico do Inter, que seria a área responsável por viabilizar a naturalização do Cholo.

O processo junto ao Ministério da Justiça poderia levar até um ano. Guiñazu, que demonstrou-se favorável à ideia, uma vez que seguiria podendo defender a seleção argentina, precisaria comprovar pelo menos cinco anos vivendo no Brasil e possuir imóveis no país, entre outros requisitos - todos preenchidos pelo camisa 5 do Inter.

- Acabamos deixando esse tema em stand by devido às muitas convocações e lesões dos nossos jogadores - justificou o vice de futebol Luciano Davi.
Assim, com cinco estrangeiros no grupo, o Inter seguirá podendo utilizar apenas três deles a cada partida. Diante do Botafogo, por exemplo, Dátolo e Bolatti estão fora, pois Guiñazu, Forlán e D'Alessandro serão titulares.

0

¿Te gustó la nota?

0
Compartir Compartir Compartir Compartir
0 comentarios
0 comentarios

0 comentarios

Ingresar el código:

Enviar

Los puntos de vista y opiniones expresadas en este post son solamente las del autor y no representan necesariamente las de Pasión Libertadores.

Cargando nota...

¿SABÍAS QUE HAY MÁS NOTAS DEBAJO?

Sigue scroleando

Post destacados de hoy